Certificações
Publicada em 15/07/2016 - 12h08
Primeira escola com a certificação LEED Platinum do País será em Curitiba
Unidade de Ensino do Senac no bairro do Portão está em processo de certificação e será inaugurada no fim de julho
Divulgação

A cidade de Curitiba (PR) pode ganhar a primeira escola com a certificação LEED (Leadership in Energy and Environmental Design), no nível Platinum, do Brasil. A Unidade de Ensino do Senac no bairro do Portão construída pela RAC Engenharia está em processo de certificação. A escola será inaugurada no fim desse mês de julho.

A certificação LEED Platinum agrega as mais altas pontuações em relação às construções sustentáveis. Tem como características o uso inteligente de recursos naturais, a otimização dos materiais e a eficiência de equipamentos instalados na edificação.

O diretor da RAC Engenharia, Ricardo Cansian, ressalta que para alcançar este alto nível de sustentabilidade é primordial implantar esse conceito desde a concepção do projeto até a execução da obra. “Além de reduzir os impactos ao meio ambiente, o uso de tecnologias inovadoras e mesmo de soluções simples para a racionalização do consumo na Unidade de Ensino do Senac Portão vão gerar economia que pode chegar a até 52% em energia elétrica e a até 42% em água”, destaca.

O principal item para esta redução de custos é a geração de energia através de 228 placas solares instaladas na cobertura da edificação, totalizando uma área de 370 m² de painéis fotovoltaicos, sendo esta até o momento a maior instalação junto a Copel, conforme registro de micro e mini geração da ANEEL. Cansian explica que o sistema vai funcionar da seguinte maneira: os painéis vão captar a radiação solar e transformar em energia que vai abastecer a edificação. Quando a escola não estiver em uso ou tiver baixo consumo – em feriados ou finais de semana –, a energia produzida será injetada na rede elétrica da Copel gerando créditos ao Senac, que serão abatidos na fatura mensal. “Estimamos que o retorno sobre investimento de todo o sistema se dará em aproximadamente 7,5 anos”, revela.

O diretor da RAC Engenharia explica que essa economia se dará não apenas pela geração de energia, mas também pelo uso inteligente da iluminação, que dispõe de 2,5 mil lâmpadas de LED com fotocélulas instaladas na área externa (em fachadas, postes e balizadores externos) e nas próprias salas de aula, que ainda contam com sensores de iluminação que desligam automaticamente após um período programado ou são acionadas quando identificado algum usuário nas instalações do prédio. “Além disso, foram instalados circuitos de iluminação individualizados, o que permite controlar o nível de iluminação e sombra em cada parte do ambiente”, destaca Cansian.

O gerente de projetos da Petinelli, empresa que liderou os trabalhos de consultoria ambiental do empreendimento para a certificação, André Belloni, ressalta ainda que as salas de aula foram projetadas de modo que sempre haja a possibilidade do uso da ventilação natural, promovendo conforto térmico no maior número de horas durante o ano e diminuindo a necessidade de uso do ar condicionado. “A climatização do prédio também é um diferencial, já que usa um sistema central inovador com equipamentos de altos índices de eficiência que conseguem ser programados e acionados conforme a demanda de cada ambiente”, pontua Belloni.

Quanto à racionalização do consumo de água, foi instalada uma cisterna para captação de 3,6 mil litros de água da chuva, conforme exigência da legislação municipal. A água captada será direcionada a torneiras instaladas na parte externa da edificação, no estacionamento e no gramado, e utilizadas para a limpeza de calçadas e piso externo. “Também optamos por colocar torneiras com arejadores e vasos sanitários com bacias acopladas com descarga de duplo fluxo de acionamento que contribuem para um consumo mais racional”, diz Belloni.

Gestão da obra

O diretor da RAC Engenharia lembra ainda que, para se habilitar à certificação LEED Platinum, a compra de materiais e a gestão do canteiro de obras são fundamentais e, para isso, foram criadas equipes multidisciplinares de monitoramento e elaboração de relatórios mensais de controle. Para os materiais, foram priorizados os com baixa emissão de poluentes, como vernizes e colas, e somente usadas madeiras com certificação ambiental e de manejo.

“Na parte de gestão para a execução dos trabalhos, você tem que garantir que todos os resíduos que são gerados na obra sejam separados e enviados para locais que proporcionam a destinação correta, desde caliças provenientes de demolições até restos de materiais. Outros cuidados precisam ser tomados na rotina da obra, como o controle da varredura das instalações e a proteção dos bueiros para evitar entupimentos e descarte incorreto de rejeitos na rede de águas pluviais”, comenta Cansian.

O empresário defende que é possível implementar empreendimentos ambientalmente corretos, sem onerar o custo da construção. “Você até pode aceitar comprar produtos de valor mais elevado desde que a tecnologia oferecida gere economia de outro lado. É possível fazer essa conta chegar próximo de zero trabalhando com materiais mais eficientes e já concebendo o prédio para ser sustentável. Em outras palavras, basta planejamento e disposição”, opina.

Para André Belloni, o segmento de construção sustentável tem evoluído, mas não basta apenas reduzir o consumo. “O futuro é pensar em prédios autossuficientes, com zero consumo em energia e água. Não basta racionalizar, é preciso buscar soluções para que os edifícios não gerem impactos ambientais”, afirma.

Estrutura

A Unidade de Ensino Senac Portão, projetada pelos arquitetos Eduardo Almeida e André Leite, tem 3.174,66 m² de área construída, em um total de cinco andares, mais pavimento técnico. A estrutura compreende um auditório/lanchonete, sala de atendimento, 15 banheiros (masculino, feminino e para pessoas com deficiência), dois vestiários com chuveiros, uma biblioteca, duas salas de estudo, área administrativa para 777 funcionários, 10 salas de aula com capacidade para 40 alunos cada, quatro salas de informáticas com capacidade para 24 alunos cada e um laboratório de óptica.

O quarto pavimento é todo destinado ao Ensino à Distância (EaD), com salas administrativa e para o corpo técnico. O empreendimento ainda é composto por guarita e casa de máquinas. “Esta obra faz parte do nosso plano de expansão. Até o fim de 2017 estaremos atendendo praticamente todo o Estado. Desde 2009 já inauguramos 13 unidades do Senac e temos mais seis obras em andamento, incluindo a do Portão”, destaca o presidente do Sistema Fecomércio, Sesc e Senac do Paraná, Darci Piana.



Fonte: Assessoria de Imprensa / RAC Engenharia
Tags:LEED Platinum, Senac, certificação em escola, RAC Engenharia
Mais notícias

02/03/2017 – Data Center Sustentável
Idealizada pelo Pátria Investimentos, primeiro empreendimento da ODATA será inaugurado em março de 2017...


17/02/2017 – Alexandre Brown, diretor da Expo Arquitetura Sustentável, fala sobre o mercado e sobre o evento
Mostra reúne conteúdo relevante e exibe soluções e tendências sustentáveis para todo setor da construção ...


13/02/2017 – Fórum Construção e Arquitetura Sustentável
Conteúdo de palestras retrata desafios e soluções para a sustentabilidade na construção civil e arquitetura no Brasil...


31/10/2016 – Empresas firmam parceria para potencializar soluções sustentáveis em MG
União promete reposicionar Estado no ranking nacional de empreendimentos sustentáveis...


03/10/2016 – Inovação e ecoefiência marcam exposição na FIMAI Ecomondo
Entre os destaques, agência italiana traz empresas do País para mostrar a expertise no tratamento de água e geração de energia por meio resíduos sólidos...


29/09/2016 – Sustentabilidade para resfriar concreto
Com o uso de nitrogênio, processo proporciona redução no uso de água e energia...


28/09/2016 – Sicredi conquista certificação por sustentabilidade em Centro Administrativo
Empresa conquistou a certificação LEED EB O&M Platinum. Este é o primeiro edifício no Brasil e o quarto na América Latina a receber o reconhecimento...


12/09/2016 – Pós em Construções Sustentáveis recebem inscrições
Profissionais da arquitetura e engenharia devem valorizar os novos conceitos e as tendências da sustentabilidade e do meio ambiente. Cursos na FAAP preparam o aluno para esse novo cenário...


08/09/2016 – Centro Sebrae de Sustentabilidade recebe certificação internacional
Edifício situado em Cuiabá conquistou a classificação “Excelente” do BREEAM In-Use, a mais alta em toda a América Latina...


16/08/2016 – Aeroporto RIOgaleão opera com novo sistema de tratamento de água
Águas que apresentam concentrações de óleo acima do permitido devem passar por um tratamento de separação da água e do óleo...


VER MAIS >
Publicidade | Anuncie
Banner topo
Notícias
Vídeos
Edição do Mês
Guia de Serviços
Olho Mágico
Publicidade | Anuncie
Banner topo


Publicidade | Anuncie
Banner botão
Sustentech
Rain Bird - 04/05/2015
Quality Systems - 03/03/2015
Regional Telhas