Eventos
Publicada em 09/05/2016 - 13h00
EnerSolar+Brasil traz soluções e tecnologias para ampliar a geração distribuída
Feira começa amanhã, em São Paulo, e espera reunir 12 mil profissionais do setor

Em contínuo crescimento, a energia solar apresenta grande potencial de mercado. Até 2024, 700 mil consumidores residenciais e comerciais deverão ter instalado em seus telhados painéis fotovoltaicos. Ou seja, instalar sistemas fotovoltaicos no telhado de casa e em edifícios residenciais e comerciais deve virar um ótimo negócio, seguindo tendência mundial. Para o segmento público e parte do privado, postes de luz, abastecidos com energia híbrida, eólica e solar, são uma tendência irreversível.

Em tempos de aumento do consumo e crescente demanda por fontes energéticas alternativas, a 5ª edição da EnerSolar + Brasil | Feira Internacional de Tecnologias para Energia Solar, principal feira de energias renováveis do setor, reunirá de 10 a 12 de maio de 2016, toda a cadeia produtiva dos segmentos de energia solar, fotovoltaica, eólica e de biomassa, no São Paulo Expo Exhibition & Convention Center, em São Paulo.  A feira apresentará as mais recentes tecnologias de aquecedores solares, placas termo solares, painéis fotovoltaicos, aero geradores, inversores, máquinas para transporte e manuseio de biomassa, caldeiras e queimadores.

Entre as atrações que acontecem simultaneamente à feira, a 6ª edição do Ecoenergy | Congresso de Tecnologias Limpas e Renováveis para a Geração de Energia, sob o tema central “Ações e políticas públicas, soluções para o financiamento, inovação tecnológica, venda de excedentes e novos negócios em energia solar”.

Dados do setor

A energia renovável já representa 42,5% da matriz energética brasileira, conforme o Ministério de Minas e Energias (MME). Segundo estudos da Bloomberg New Energy Finance (BNEF), até 2040, o Brasil deverá atrair cerca de US$ 300 bilhões em investimentos para a geração de energia elétrica, a maior parte destinados a projetos solares e eólicos.

Sobre os investimentos no setor, de acordo com especialistas, a energia eólica, que nos últimos anos cresceu a velocidade exponencial por aqui, receberá US$ 84 bilhões; outros US$ 26 bilhões vão para biomassa, enquanto projetos de grandes e pequenas hidrelétricas receberão US$ 23 bilhões. Um terço dos US$ 300 bilhões esperados até 2040 — representativos US$ 125 bilhões — terá fins solares. Projetos de grande escala, com mais de 1 Megawatt (MW), receberão R$ 31 bilhões. Já a geração distribuída deverá atrair US$ 93 bilhões, tornando-se a grande estrela dessa nova revolução energética.

Outro dado relevante é a estimativa que até 2024, 700 mil consumidores residenciais e comerciais devam ter instalados em seus telhados painéis fotovoltaicos (projetos de auto produção de energia solar). Projeta-se que até 2050, 13% de todo o abastecimento de residências no Brasil seja via energia solar, produzida nas próprias casas ou não.

O Brasil é hoje o 10º maior gerador de energia eólica do mundo, o qual teve uma expansão de cerca de 62% de 2014 para 2015, segundo o Ranking Mundial de Energia e Socioeconoomia. Hoje temos instalado no Brasil grandes parques eólicos no Rio Grande do Norte, Ceará, Bahia e Rio Grande do Sul.



Fonte: Assessoria de Imprensa / Enersolar + Brasil
Tags:Energia solar, energia eólica, Enersolar + Brasil, energias renováveis
Mais notícias

02/03/2017 – Data Center Sustentável
Idealizada pelo Pátria Investimentos, primeiro empreendimento da ODATA será inaugurado em março de 2017...


17/02/2017 – Alexandre Brown, diretor da Expo Arquitetura Sustentável, fala sobre o mercado e sobre o evento
Mostra reúne conteúdo relevante e exibe soluções e tendências sustentáveis para todo setor da construção ...


13/02/2017 – Fórum Construção e Arquitetura Sustentável
Conteúdo de palestras retrata desafios e soluções para a sustentabilidade na construção civil e arquitetura no Brasil...


31/10/2016 – Empresas firmam parceria para potencializar soluções sustentáveis em MG
União promete reposicionar Estado no ranking nacional de empreendimentos sustentáveis...


03/10/2016 – Inovação e ecoefiência marcam exposição na FIMAI Ecomondo
Entre os destaques, agência italiana traz empresas do País para mostrar a expertise no tratamento de água e geração de energia por meio resíduos sólidos...


29/09/2016 – Sustentabilidade para resfriar concreto
Com o uso de nitrogênio, processo proporciona redução no uso de água e energia...


28/09/2016 – Sicredi conquista certificação por sustentabilidade em Centro Administrativo
Empresa conquistou a certificação LEED EB O&M Platinum. Este é o primeiro edifício no Brasil e o quarto na América Latina a receber o reconhecimento...


12/09/2016 – Pós em Construções Sustentáveis recebem inscrições
Profissionais da arquitetura e engenharia devem valorizar os novos conceitos e as tendências da sustentabilidade e do meio ambiente. Cursos na FAAP preparam o aluno para esse novo cenário...


08/09/2016 – Centro Sebrae de Sustentabilidade recebe certificação internacional
Edifício situado em Cuiabá conquistou a classificação “Excelente” do BREEAM In-Use, a mais alta em toda a América Latina...


16/08/2016 – Aeroporto RIOgaleão opera com novo sistema de tratamento de água
Águas que apresentam concentrações de óleo acima do permitido devem passar por um tratamento de separação da água e do óleo...


VER MAIS >
Publicidade | Anuncie
Banner topo
Notícias
Vídeos
Edição do Mês
Guia de Serviços
Olho Mágico
Publicidade | Anuncie
Banner topo


Publicidade | Anuncie
Banner botão
Rain Bird - 04/05/2015
Sustentech
Regional Telhas
Quality Systems - 03/03/2015