Eventos
Publicada em 17/11/2015 - 15h04
Mostra Viver São Paulo propõe reflexão sobre um novo paradigma da sustentabilidade dentro do lar
Qual a importância do belo, o útil e o sustentável coexistirem nos ambientes atuais? Esta é a questão central da primeira edição da Mostra que acontece até o dia 31 de janeiro na capital pauli

Um casarão dos anos 40, há uma década inativo, foi o cenário escolhido para que mais de 20 profissionais de design de interiores e decoração de São Paulo imprimissem em cada ambiente sua perspectiva sobre a sustentabilidade nos dias de hoje.

O resultado deste trabalho pode ser conferido na Iª edição da Mostra Viver São Paulo, que acontece até o dia 31 de janeiro, no número 263 da Alameda Gabriel Monteiro da Silva, em São Paulo. Os ambientes estarão abertos ao público para visitação de terça à domingo das 12h às 20h.

Com curadoria da designer de interiores Isabela Augusto de Lima e Paulo Coutinho, ambientalista com experiência em projetos na Amazônia e atualmente consultor em sustentabilidade, a Mostra apresenta ambientes criativos que inspiram mudanças na decoração dos lares e incentivam a prática de um padrão de consumo menos agressivo à natureza.

Paulo Alves, Juliana Vasconcellos e Daniela Colnaghi, entre outros nomes do mercado, provam como a reutilização de pisos, revestimentos e móveis podem fazer parte de um projeto sofisticado, prático e, ao mesmo tempo, leve para o planeta, com a diminuição de resíduos, transporte e novos materiais.

Compõem ainda o leque de alternativas expostas na Mostra, tecnologias diferenciadas e elegantes para captação de água de chuva, técnicas que permitem reduzir o desperdício de materiais ou melhorar a eficiência energética das residências, utilização de paredes verdes e um sistema próprio para gerir todos os resíduos sólidos produzidos durante o evento.

Um novo paradigma sobre o sustentável dentro do lar

A Mostra se destaca quando à aplicação da sustentabilidade no mercado de design e arquitetura. Para Isabela e Paulo, há uma necessidade em refletir sobre um novo paradigma da decoração atual, aliando não apenas o útil e o belo, mas também o sustentável.

“A sustentabilidade ainda está muito associada a materiais recicláveis, móveis rústicos e não funcionais. É claro que tudo isso faz parte deste movimento ambiental que vem crescendo nos últimos anos, mas queremos mostrar que o sustentável pode estar ligado ao belo porque na natureza é assim. Não existe uma dicotomia entre beleza e funcionalidade, está tudo integrado. E também não adianta falar de sustentabilidade se não a praticarmos dentro de casa”, ressalta Isabela. 

Na visão de Paulo Coutinho, o movimento de mudança é muito amplo e de responsabilidade de todas as esferas da sociedade, incluindo consumidores, indústria, governo e terceiro setor. “Sabemos que muitas tecnologias para uma moradia sustentável, como as placas fotovoltaicas, ainda são um investimento inacessível para grande parte da população, que carece de políticas públicas para incentivar o uso. Por isso, nossa parceria com os arquitetos e designers, que são agentes transformadores na medida em que eles impactam tanto os consumidores, ao orientá-los a adquirir produtos sustentáveis ou a aproveitar elementos já existentes no ambiente, quanto a indústria, ao questionar, por exemplo, a procedência da madeira que o fabricante está usando em seus móveis”, explica.

Projeto a longo prazo

Diferente de outras mostras da cidade, a Viver São Paulo nasceu com a missão de apresentar ambientes que buscam ser um bom negócio ao mesmo tempo em que são cheios de charme e que reduzem o impacto da ação humana sobre o planeta. “Somos um grupo grande, de mais de 20 profissionais com vivências e backgrounds diversos e que tem um interesse difuso pela sustentabilidade. Mas o que temos a nosso favor é que todos, de alguma forma, se mostram dispostos a se associar à sustentabilidade. E é justamente esse ponto em comum que queremos ressaltar”, diz Isabela.

Isabela e Paulo frisam que a Mostra é um projeto de longo prazo. “Além de profissionais e indústrias, nos preocupamos com as futuras gerações. O planeta não vai acabar, o que pode acabar é o ser humano. E isso é uma preocupação central que nos leva ao consumo consciente. A sustentabilidade é um processo de crescimento da consciência humana e da consolidação de novas práticas que nos colocam ao lado da natureza. Assim, esperamos que as novas edições da Mostra já revelem um avanço de tudo que for apresentado aqui”, destaca Coutinho.

Todos os móveis e objetos de decoração expostos podem ser comprados online pelo shopping Decora Click decoraclick.com.br ou na hora da visita. 

 

AMBIENTES

 

JARDIM PAULISTANO

Ricardo Pessuto

Um jardim visando a ocupação sustentável, preservando o máximo possível de área de drenagem. Utilização de paredes verdes, contribuindo com a captação de CO2, proporcionando um refrescar do ambiente, além de promover conforto visual e térmico.

Mobiliário natural de madeiras reaproveitadas de queimadas, demolição e arvores condenadas.

 

ALPENDRE PAULISTA

Paulo Alves

Paulo Alves trouxe para sua instalação todo o verde que sente falta na cidade de São Paulo. As cores que marcaram a infância do arquiteto no interior de São Paulo também estão presentes: o azul do céu, a terra vermelha e o verde das matas.

SALA DE ESTAR E JANTAR

Juliana Vasconcellos

O espaço conta com a mínima interferência arquitetônica dando prioridade ao reuso de peças originais de época, com a utilização dos ornamentos que se contrapõem à simplicidade da produção do mobiliário brasileiro do século XX.

 

HOME OFFICE DO CASAL DE COLECIONADORES

Paula Gambier

O espaço quebra as barreiras do tempo, mistura o novo e o velho, estimulando o uso consciente dos recursos.

 

LAVABO

Marcelo Cohen

Para maior aproximação com a natureza, Cohen usou um adorno com samambaia. A iluminação é destacada pelo pendente central em forma orgânica, otimizado pelas lâmpadas de LED que garantem economia, sustentabilidade e qualidade de luz.

 

DÉCADENCE AVEC ÉLÉGANCE

Julio Cesar Dantès e Fabio Melo

O projeto foi concebido mantendo as formas e os materiais existentes na casa. Destaque para o tapete "Árvore da Vida", feito com aparas de tapetes, uma maneira de reaproveitar e dar novo destino ao descarte.

 

SUITE MASTER

Cris Jacobsen

O ponto de partida foi a preocupação em harmonizar elementos já existentes no local como, por exemplo, o piso em parquet, que foi totalmente revitalizado no processo de raspagem, calafetação e aplicação de Bona. Além disso, os tecidos e revestimentos que compõem o ambiente foram feitos de garrafas pet e sobras de retalhos.

 

SALA DE MÚSICA E JOGOS

Cris Paola

Banco e cadeiras em papelão, o piano customizado, réplicas de plantas feitas de garrafa pet e o dominó feito com pneus descartados de bike falam por si mesmos.

 

ESPAÇO DA FAMÍLIA

Ana Paula Briza e Fernanda Takadachi

Espaço ligado ao conceito da qualidade das relações afetivas, traz tapetes feitos com lona de caminhão, ventiladores com fibra de coco, brinquedos produzidos com toras de eucaliptos, piso autoportante que permite a reutilização em outro imóvel, entre outras novidades.

 

JARDIM SENSORIAL

Fabíola Lieberg

Logo quando se entra no espaço, nota-se o confortável piso emborrachado feito de material reciclado de garrafa pet, macio e, ao mesmo tempo, muito resistente a impactos, fora a sua permeabilidade que traz drenagem aos solos.

Para a captação da chuva, destaque para os reservatórios divertidos, conectados à calha da residência com torneiras para uma utilização posterior da água. Paredes revestidas de tijolos, feitas de uma composição de argila e carvão.

 

BANHEIROS

Paulo Di Mello

No banheiro para portadores de necessidades especiais, atenção maior para a sofisticação de um espaço que geralmente não recebe essa atenção. Já no banheiro público, há o reaproveitamento de painéis de estrutura, divisórias e portas, além de uma luminária de ferro destinada para a reciclagem.

 

ADEGA LOUNGE

Camila Rosa e Esther Zanquetta

Utilização de objetos de fabricação nacional e de profissionais da nova geração brasileira. A escolha do cobogó em um dos lados da parede cria uma ventilação cruzada, propiciando temperatura apropriada e um local fresco para acomodar vinhos; bem como a abertura da entrada permite uma luz natural que traz aconchego para o ambiente.

 

CAFÉ

Franklin Fioroti e Ricardo Tajiri

Os profissionais aproveitaram materiais de descarte de obras como telas metálicas e cimento, que foram utilizados para confecção da bancada de cimento queimado; as tábuas ganharam um novo uso aplicadas na superfície do balcão de atendimento; o lustre sobre o balcão foi criado a partir de diversos potes de vidros usados no dia a dia como: vidros de azeitona, palmito e mel.

 

PROJETO SIMBIOSE
Ciro Schu e Alessandro Marconi

O Projeto Simbiose apresenta a parceria do artista plástico Ciro Schu, com o orquidólogo Alessandro Marconi. Juntos, eles modificam paisagens urbanas, construindo instalações em muros da cidade de São Paulo. Além do grafite, esculturas em madeira reutilizada e orquídeas nativas são utilizadas como elementos para compor a intervenção artística.


COZINHA GOURMAND LOUNGE

Samira Jarouche

Grafismo arquitetônico moderno e decoração marcante compõem a harmonia do espaço.

 

SALA DE IMPRENSA OLGA KRELL

Simone Goltcher

O ambiente faz uma homenagem à arquiteta e jornalista Olga Krell, grande nome do mercado editorial e de decoração brasileiro, apresentando ao público parte de seu acervo pessoal como quadros, objetos e livros.

 

ESPAÇO JANTAR

Anna Milliet

Estampas com a personalidade característica da artista são o principal destaque do ambiente.

 

LOUNGE CAFÉ COM GRAFITE E FOTOGRAFIA

Elaine Vilela de Souza

A design de interiores apostou em um lounge com conceito contemporâneo com obras de arte, fotografias e grafites de artistas paulistanos que traduzem a metrópole São Paulo.

 

MURO GRAFITADO

Gisèle Sandy

A artista plástica carioca aterrissou na capital paulista para trazer cores vibrantes à fachada do casarão com um grafite exclusivo para a Mostra.

 

Serviço:

  • Evento: Iª Mostra Viver São Paulo
  • Data: até 31 de janeiro de 2016
  • Horários: de terça à domingo, das 12h às 20h
  • Endereço: Alameda Gabriel Monteiro da Silva, 263, São Paulo.
  • Entrada: Inteira R$ 20,00 / Meia R$ 10,00
  • Vallet no local: R$ 20,00


Fonte:
Tags:decoração, sustentável, mostra, viver são paulo
Mais notícias

02/03/2017 – Data Center Sustentável
Idealizada pelo Pátria Investimentos, primeiro empreendimento da ODATA será inaugurado em março de 2017...


17/02/2017 – Alexandre Brown, diretor da Expo Arquitetura Sustentável, fala sobre o mercado e sobre o evento
Mostra reúne conteúdo relevante e exibe soluções e tendências sustentáveis para todo setor da construção ...


13/02/2017 – Fórum Construção e Arquitetura Sustentável
Conteúdo de palestras retrata desafios e soluções para a sustentabilidade na construção civil e arquitetura no Brasil...


31/10/2016 – Empresas firmam parceria para potencializar soluções sustentáveis em MG
União promete reposicionar Estado no ranking nacional de empreendimentos sustentáveis...


03/10/2016 – Inovação e ecoefiência marcam exposição na FIMAI Ecomondo
Entre os destaques, agência italiana traz empresas do País para mostrar a expertise no tratamento de água e geração de energia por meio resíduos sólidos...


29/09/2016 – Sustentabilidade para resfriar concreto
Com o uso de nitrogênio, processo proporciona redução no uso de água e energia...


28/09/2016 – Sicredi conquista certificação por sustentabilidade em Centro Administrativo
Empresa conquistou a certificação LEED EB O&M Platinum. Este é o primeiro edifício no Brasil e o quarto na América Latina a receber o reconhecimento...


12/09/2016 – Pós em Construções Sustentáveis recebem inscrições
Profissionais da arquitetura e engenharia devem valorizar os novos conceitos e as tendências da sustentabilidade e do meio ambiente. Cursos na FAAP preparam o aluno para esse novo cenário...


08/09/2016 – Centro Sebrae de Sustentabilidade recebe certificação internacional
Edifício situado em Cuiabá conquistou a classificação “Excelente” do BREEAM In-Use, a mais alta em toda a América Latina...


16/08/2016 – Aeroporto RIOgaleão opera com novo sistema de tratamento de água
Águas que apresentam concentrações de óleo acima do permitido devem passar por um tratamento de separação da água e do óleo...


VER MAIS >
Publicidade | Anuncie
Banner topo
Notícias
Vídeos
Edição do Mês
Guia de Serviços
Olho Mágico
Publicidade | Anuncie
Banner topo


Publicidade | Anuncie
Banner botão
Regional Telhas
Rain Bird - 04/05/2015
Sustentech
Quality Systems - 03/03/2015